Description

A coleção de ácaros do Instituto Butantan foi iniciada em 1931, no Laboratório de Parasitologia, pelo acarologista Dr. Flávio Oliveira Ribeiro da Fonseca, tendo sido responsável até 1963. Durante esse período, ele deixou uma contribuição de aproximadamente 80.000 exemplares. Além de sua dedicação aos ácaros, Flávio publicou muitos trabalhos nas áreas de protozoologia, entomologia médica e viroses, tendo um papel fundamental na produção de vacina contra a Febre Maculosa produzida no Instituto Até meados dos anos 70. Dentre os vários grupos de Acari, dedicou-se principalmente aos estudos dos ácaros Gamasida (= Mesostigmata), ectoparásitos de pequenos mamíferos silvestres, vetores de zoonoses e antropozoonoses (Fonseca 1932a,b, 1935/1936, 1938/1939, 1948) trabalhando em conjunto com o Serviço Nacional da Peste (Fonseca 1957/1958). Descreveu 4 gêneros e 28 espécies da família Laelapidae, 7 gêneros e 16 espécies de Macronyssidae, 6 espécies de Trombiculidae (Actinedida), 7 espécies de carrapatos (Ixodida) e 2 famílias: Dasyponyssidae e Ixodorhynchidae (Barros-Battesti and Knysak, 1999). Seus estudos, sozinho ou em parceria com Henrique Aragão, resultaram em contribuições valiosas ao conhecimento das espécies de carrapatos que ocorrem no Brasil (Fonseca 1935a,b, Fonseca and Aragão 1952, 1953, Aragão and Fonseca 1952,1953, 1961a,b). Após seu falecimento, a coleção ficou sem manutenção, por falta de um especialista na área no período de 1963 até 1976. Com a admissão da pesquisadora Nélida Margarida Lizaso a coleção foi incluída no acervo do Laboratório de Artrópodes Peçonhentos, permanecendo sob sua responsabilidade de 1976 a 1993. De 1993 até meados de 1995, a coleção ficou novamente sem manutenção. A partir de maio de 1995 até a presente data, a pesquisadora Dra. Darci Moraes Barros Battesti assumiu a curadoria do acervo. Com a reativação do Laboratório de Parasitologia do Instituto Butantan, em fevereiro de 2000, sob a Direção da Dra. Toshie Kawano, a coleção de ácaros retornou ao seu local de origem.

Taxonomic range

Kingdoms covered include: Animalia.

The Coleção Acarológica do IBSP collection includes members from the following taxa:
Subclasse Acari.

Geographic range

Dentre os lotes tombados, cerca de 40% são procedentes do Estado de São Paulo e regiões vizinhas.

Number of specimens in the collection

Click the Records & Statistics tab to access those database records that are available through the atlas.

Usage statistics

Metadata last updated on 2019-08-20 10:40:49.0

Digitised records available through the Atlas

Looking up... the number of records that can be accessed through the SiBBr Click to view all records for the Coleção Acarológica do IBSP collection

No records are available for viewing in the SiBBr.

Images from this collection