Description

Reúne mais de 500.000 exemplares, destacando-se entre as maiores da América do Sul. Inclui tipos de cerca de 600 espécies de Crustacea. O acervo marinho é formado, principalmente, por espécies do Atlântico ocidental (com especial referência à região compreendida entre a Guiana Francesa e a Argentina), mas inclui extenso material de grupos selecionados de Decapoda provenientes de outras bacias oceonográficas (e.g., Indo-Pacífico, Mediterrâneo). O acervo de crustáceos terrestres e de águas continentais provém, essencialmente, da região Neotropical e inclui, praticamente, todas as regiões do Brasil.

A coleção Carcinológica começou a ser formada em 1894 (então Museu Paulista) por obra de Hermann von Ihering (1850-1930) e colaboradores (e.g., Ernest Garbe, 1853-1925; Hermann Luederwaldt, 1865-1934). Em 1939, o acervo foi transferido para o Departamento de Zoologia da Secretaria de Agricultura onde permaneceu até 1969, quando foi incorporado à Universidade de São Paulo e denominado Museu de Zoologia. Em 1961, o Departamento de Zoologia da Secretaria de Agricultura contratou Gustavo Augusto Schmidt de Melo, que participou de numerosas expedições com ênfase na coleta de crustáceos decápodes, marinhos e de águas continentais.

Taxonomic range

Kingdoms covered include: Animalia.

Number of specimens in the collection

Click the Records & Statistics tab to access those database records that are available through the atlas.

Usage statistics

Metadata last updated on 2019-08-08 15:41:41.0

Digitised records available through the Atlas

Looking up... the number of records that can be accessed through the SiBBr Click to view all records for the Coleção Carcinológica do MZUSP collection

No records are available for viewing in the SiBBr.

Images from this collection