Descrição

O herbário MAC está ligado ao Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas e foi iniciado por ocasião do Levantamento Ecológico e Cultural do Complexo Estuarino Lagunar Mundaú-Manguaba (PLEC) 1979 de grande importância ecológica e social para o Estado de Alagoas. A fundação do herbário teve a participação do Dr. Dárdano de Andrade Lima, que orientou na organização e identificação das primeiras plantas coletadas. Estes espécimes serviram para referendar seu registro em 1981, no Index Herbariorum, sob o acrônimo MAC. Atualmente o Herbário conta mais de 63.000 registros sendo 94% de plantas vasculares, 2% briófitas, 4% algas marinhas e fungos, detendo assim a coleção mais representativa da flora das formações vegetais ocorrentes em Alagoas. Grande parte do acervo é proveniente de coletas realizadas na Mata Atlântica, Caatinga, Restinga e ambientes aquáticos. Oito espécimes typus, e carpoteca didática com cerca de 300 frutos e sementes que também compõem o acervo. O herbário MAC possui parceria com indústrias regionais, com a Fundação de Amparo a Pesquisa de Alagoas (FAPEAL). E atende alunos e professores que desejam identificar amostras botânicas da região.

Cobertura taxonômica

Reinos cobertos incluem: Plantae.

Número de specimens na coleção

Clique na guia Registros e Estatísticas para acessar os registros do banco de dados que estão disponíveis no SiBBr.

Estatísticas de uso

Ùltima atualização de metadados em 2019-10-07 15:23:02.0

Registros digitalizados disponíveis através do SiBBr

Procurando... o Número de registros que pode ser acessado através do SiBBr Clique para exibir todos os registros para o Herbário MAC collection

Nenhum registro está disponível para visualização no SiBBr.

Imagens desta coleção