Description

A Coleção Ictiológica (MNRJ) do Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro, é uma das maiores e mais antigas coleções científicas de peixes do Brasil, contando com um acervo iniciado no final do Século XIX. A Coleção contém mais de 46.000 lotes de peixes, totalizando cerca de 500.000 espécimes. A Coleção Ictiológica serviu de base para a monumental obre "Fauna Brasiliense" publicada por Alípio de Miranda Ribeiro entre 1907 e 1915, e desde então vem servindo continuadamente como repositório e fonte de material para centenas de publicações científicas. A coleção inclui mais de 6500 exemplares tipo, incluindo mais de 450 tipos primários. O catálogo da coleção e transações de curadoria estão informatizados através do sistema de gerenciamento de coleções MUSE. A coleção participou dos projetos NEODAT, NEODAT II e atualmente mantém uma página no projeto NEODAT III http://www.mnrj.ufrj.br/search.htm). Em 1995 a Coleção Ictiológica instalou-se em um novo prédio construído especialmente para esta finalidade. Toda as estantes foram substituídos por novos armários e estantes de aço através da UFRJ e de um projeto financiado pela Fundação Universitária José Bonifácio (Processo Proc. 6799-7). En 2005 as instalações físicas foram ampliadas e parte das estantes foi substituída por armários deslizantes (compactadores) com recursos da Fundação Vitae. O acervo encontra-se a disposição para uso por ictiólogos visitantes, mediante agendamento.

Taxonomic range

Kingdoms covered include: Animalia.

Number of specimens in the collection

Click the Records & Statistics tab to access those database records that are available through the atlas.

Usage statistics

Metadata last updated on 2019-10-03 11:08:17.0

Digitised records available through the Atlas

Looking up... the number of records that can be accessed through the SiBBr Click to view all records for the Coleção Ictiológica do MNRJ collection

No records are available for viewing in the SiBBr.

Images from this collection