Description

A Coleção Ictiológica do Departamento de Biologia da Universidade Federal do Ceará (DBUFC) foi criada em 29 de fevereiro de 2016. O acervo foi fundado a partir de exemplares coletados pelos pesquisadores Dr. João Eduardo P. de Freitas, Me. Caroline C. de Paiva, Dr. Vicente V. Faria e por exemplares obtidos pelo Grupo de Estudos em Elasmobrânquios do Ceará – ELACE, coordenados pelo Dr. Manuel A. A. Furtado-Neto. Atualmente a coleção está depositada no Laboratório de Evolução e Conservação de Vertebrados Marinhos - EvolVe. Os exemplares são preservados em via seca (taxidermia e osteotécnica) e úmida (preferencialmente em álcool etílico 70%). A Coleção Ictiológica - DBUFC é composta por 316 lotes tombados. Destes, 236 lotes são compostos por peixes ósseos e 80 lotes por elasmobrânquios. Fazem parte do acervo da DBUFC exemplares de espécies ameaçadas, incluindo o mero Epinephelus itajara, os tubarões martelo Sphyrna lewini e S. tiburo e o peixe-serra Pristis pristis. Os exemplares são provenientes principalmente da costa do Ceará, com representantes de outros estados (Rio Grande do Norte, São Paulo e Espírito Santo) e de ilhas oceânicas do Nordeste do Brasil (Parque Estadual Marinho da Pedra da Risca do Meio (CE), Atol das Rocas (RN), Fernando de Noronha (PE).

Taxonomic range

Kingdoms covered include: Animalia.

Number of specimens in the collection

Click the Records & Statistics tab to access those database records that are available through the atlas.

Metadata last updated on 2020-08-13 12:22:43.0

Digitised records available through the Atlas

No database records for this collection can be accessed through the SiBBr.

No records are available for viewing in the SiBBr.

Images from this collection