Museu de História Natural Capão da Imbuia

Sigla: MHNCI

Descrição

O museu é um dos mais completos documentos da história natural do estado. Além do bosque com árvores centenárias, o local conta com uma praça, biblioteca, exposições internas sobre ecossistemas regionais, trilhas e laboratórios de pesquisa.

O museu é uma instituição permanente, sem fins lucrativos, a serviço da sociedade e de seu desenvolvimento. Além de adquirir, conservar, investigar, difundir e expor os testemunhos materiais do homem e de seu entorno, para educação e deleite da sociedade.

Foco da instituição

As coleções científicas do MHNCI são testemunho da biodiversidade regional e suporte imprescindível para pesquisas biológicas. Os acervos compreendem milhares de lotes de exemplares da fauna, incluindo tipos, exemplares raros e até mesmo animais regional

Coleções

  1. Coleção de Aves do MHNCI No final da década de 30, o então Museu Paranaense deu início a formação de uma coleção científica de aves, que teve enorme contribuição do naturalista e taxidermista alemão André Mayer...
  2. Coleção de Ectoparasitos do MHNCI O acervo do laboratório de parasitologia começou a ser organizado no final dos anos 80. No período de 1989 a 1992 a coleção teve a curadoria da Dra. Darci Moraes Barros Battesti e na seqüência a Dra. Márcia Arzua. Nos últimos dez anos o acervo cresceu substancialmente com material proveniente de coletas periódicas realizadas no Paraná. Contém 504 lotes com 2...
  3. Coleção de Insetos do MHNCI A coleção entomológica do Museu de História Natural Capão da Imbuia foi iniciada pelo renomado pesquisador Pe. Jesus Santiago Moure, na década de 30. Nas décadas de 50 e 60 a coleção entomológica foi trabalhada por alguns pesquisadores, com coletas aleatórias realizadas principalmente no Estado do Paraná...
  4. Coleção de Invertebrados (não Insetos) no MHNCI A coleção de invertebrados do MHNCI apresenta exemplares coletados a partir da década de 40, sendo que os lotes mais antigos datam de 1890 (Molusca provenientes dos Estados Unidos). Esta coleção apresenta 12.552 lotes, sendo 6492 lotes de Arachnidae, 273 lotes de Miriapoda, 1807 lotes de Crustacea e 3980 lotes de Molusca...
  5. Coleção de Mastozoologia do MHNCI O interesse oficial para com o patrimônio natural do Paraná, sob a forma de coleções, iniciou-se em 1935, com o Plano de Reorganização do Museu Paranaense, fundado em 1876. A partir de 1939 o caráter científico adquirido pelas coleções zoológicas, mastozoológica e ornitológica, deveu-se, em grande parte, ao naturalista e taxidermista alemão André Mayer...
  6. Coleção de Peixes do MHNCI O acervo ictiológico depositado hoje no MHNCI surgiu em 1935, com o lançamento do plano de reorganização do antigo Museu Paranaense, este inaugurado em 1876. Em 1980, após a transferência de pessoal e das coleções para a Prefeitura de Curitiba, iniciou-se a reorganização da coleção de peixes, e como primeiro resultado foi publicado o catálogo dos peixes marinhos do MHNCI em 1986...
  7. Coleção de répteis e anfíbios do MHNCI A coleção herpetológica do MHNCI pode ser considerada uma coleção jovem. A despeito de mais de um século de história da instituição, o acervo de répteis e anfíbios não representava mais do que um incipiente depositório de material até o início da década de 80, contando até aquela data com cerca de 300 exemplares tombados...

Estatísticas de uso

Carregando...

Registros digitalizados

Procurando... o numero de registros que pode ser acessado através do SiBBr.

Clique para ver os registros para o Museu de História Natural Capão da Imbuia.

Ùltima atualização de metadados em 2019-06-06 10:53:53.0